O Verdadeiro Custo | The True Cost

Postado por Virgínia Gaya ♥
Esses dias, vendo o snapchat, abri o da Marina Smith que recomendava um documentário sobre obesidade no netflix, me interessei e fui procurar, mas me deparei com outro, The True Cost, que me chamou atenção e resolvi assistir!

Hoje fui ver um vídeo do novo canal da Júlia Petit, e ela falava sobre consumismo, com a também blogueira, Stephanie Noelle e elas falaram sobre alguns aspectos que eu vi nesse documentário. A Júlia Petit indicou dois livros sobre o assunto que me pareceram interessantes. Recomendo assistir o vídeo abaixo, é mais descontraído e menos denso do que o documentário, mas também é interessante.



Achava que o documentário falaria apenas sobre a produção de roupas a baixo custo em países como a Índia, mas ele é bem mais profundo e me fez refletir bastante. Deveria assistir todos os dias pela manhã para pensar bem antes de comprar qualquer coisa.



Um dos pontos que o documentário aborda, é sobre como a publicidade nos influencia, parece uma coisa óbvia, que todo mundo sabe, mas talvez por ser tão óbvio, que é evidente que propaganda é feita para vender um produto, a gente não para para pensar no grau elevado de influencia que a propaganda nos atinge.

E isso cabe não só para propaganda, mas para blogs também. O quanto eu mesma já consumi somente porque vi algum produto em um blog. O quanto as pessoas acabam se endividando por querer algo que está sendo oferecido à ela. 

Muitas vezes compramos algo porque achamos que usando aquele determinado produto, nos tornaremos igual a pessoa da vídeo, viveremos a mesma vida, teremos a mesma felicidade e viveremos num mundo igual ao fantasiado na propaganda de margarina. Não, isso não acontecerá! O produto vem sozinho, sem o glamour criado por trás e vendido para nós na propaganda e se não soubermos utilizá-lo, ele ficará esquecido na nossa gaveta, armário, garagem, casa, pátio... 

Outra coisa que me fez parar para pensar foi o quanto desejamos que marcas baratas veiam para o Brasil. A Forever 21 era a loja mais almejada por muitos brasileiros, mas já paramos para pensar em como eles conseguem ter preços tão baixos? Qual o preço real de uma blusa, de uma calça, de um vestido? O quanto é necessário gastar para produzir essas roupas e depois revendê-las por um preço justo?

No documentário tem o depoimento, bastante comovente, de uma indiana reivindicando melhores condições de trabalho, pois eles não tem o mínimo do mínimo para trabalhar por lá. Ganham salários baixíssimos por muitas horas de trabalho em locais insalubres. Ela pede para as pessoas, ao consumir o que ela produz, pararem para pensar em quem está dando o seu sangue para fabricar roupas com custo absurdamente barato.

Como os donos dessas empresas conseguem preços tão baratos? Eles precisam diminuir muito o custo de produção, então colocam muitas pessoas num mesmo espaço para trabalharem juntas, alugam prédios com estrutura comprometida e pagam salários ridículos para esses trabalhadores, assim conseguem vender as peças por $1,00 e elas vão para as lojas para serem consumidas e descartadas em uma semana, por nós!

Precisamos pagar tão barato por uma roupa? Ok, no Brasil o custo de vida não é tão fácil como na Europa e Estado Unidos, mas mesmo assim queremos consumir produtos de Fast Fashion que são descartados por muitos, aqui no Brasil mesmo, no final da estação!

Precisamos mudar tanto e tão rápido nosso guarda roupa assim? Ter o carro do ano? A maquiagem que acabou de ser lançada? A comida que está na televisão? O batom da novela da atriz da globo? O melhor celular do mercado?

Cada vez o mundo está com tudo em velocidade máxima, gostos que mudam rápido demais, roupas que são descartadas rápido demais, ideias que mudam com velocidade impressionante e achamos que temos obrigação de andar na mesma velocidade!

Vale refletir sobre o que existe por trás de cada segundo acelerado no mundo!

Pode parecer hipocrisia da minha parte querer falar sobre esse assunto aqui no blog, já que falo muito dos produtos que eu consumo, que não são poucos! E vivo me dando a desculpa de ser material para o blog. Sei que acabo influenciando muitas de vocês a consumir os produtos que eu mostro, mas justamente por isso, achei pertinente falar sobre o assunto, para vocês também pararem para pensar o que realmente vale consumir e o que está por trás de cada produto.

Bom final de semana e ótimo feriado!

Beijos.

6 comentários:

  1. Nossa Virginia que interessante esse assunto, em um blog como o seu.
    Achei super valoroso da sua parte falar sobre isso aqui no seu blog.
    Comprar so por vc nao vale a pena. Eu pelo menos prefiro comprar aquilo que realmente me serve. Amei o post. Bjssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Marlinda!!! Acho importante parar para pensar um pouco em tudo que está pro trás dos produtos e do consumo!
      Bjs

      Excluir
  2. Interessante! Vou procurar para assistir. Quem sabe consigo frear meu consumismo também.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Conceito Gaya | Layout por A Design